sexta-feira, outubro 27, 2006

SENDO-LE ASSIM...

Ora sendo-le assim, vamos lá escrever mais um pouquinho:
O Boudu, quanto a mim deveria expor os motivos que o levaram a retirar o seu poster, ou então demitir-se, com comunicado, de carácter mais geral, ou comunicação, mais restrita, aos sócios da Empresa. Se houver justa causa será devolvido o Capital Social que aqui tinha investido (cerca de € 2.000.000,00 ). Como diz a lei, código comercial, no seu artigo 144º "todo e qualquer sócio de toda e qualquer empresa pode ou não se o desejar, ou não quiser, com ou sem testemunhas, receber, ou não, o capital investido, se tiver apresentado carta, que tenha como morada remetente origem sul-americana, servindo no entanto qualquer outra".
Ora à luz da lei o Boudu arrisca-se a perder os 2 milhões que aqui tem investidos, que segundo o código comercial (António Caeiro, Nogueira Serens, 4ª ed. , Almedina, Coimbra), nos seus art. 123º e 124º dizem, claramente, que "em caso de o sócio dar e tornar a tirar à rua pode ir parar, sem com isso nada ganhar".
De qualquer modo, e aplicando os valores da amizade, lealdade e compaixão a Direcção deste Blogue tem a comunicar ao referido quase ex-sócio, que se no prazo de uma hora nos comunicar (Luxo, Bombas ou Galinhas, o resto está com processo idênticos) das suas justificações e intenções poderão ser-lhe devolvidos 2% do Capital Social em causa.
Atentamente,
P'A Direcção do Ecos do Amial
Pedro Galinhas

segunda-feira, outubro 23, 2006

SÓ LEIA QUEM PUDER! (n ac/ <15 ANOS)

Porque estamos em decadência, porque os valores estão em decadência, porque a juventude está em decadência, porque tudo está decadente e a partir deste momento temos que aproveitar os últimos tempos, antes da morte, vou aqui abandalhar como ninguém alguma vez aqui abandalhou. Vou ser mesmo porco, mas, enfim, nunca diseram aos miúdos para não irem ao Ecos: "Não vás ao Ecos, Não vás ao Ecos!"
Aproveito para dizer como gosto de te roer os mamilos enquanto tu gritas "Benfiiiiiiiiiiiica!" Gosto muito de te pegar putráz e meter o termómetro por onde entram os supositórios (foda-se, caté caté acertar com os "us" e com os "os" foi o caralho!). Quando te passo a língua no dlimdlão estremeces toda e pedes que te meta a cenoura tamanho médio enrolada em plástico (pode ser do Jumbo, mas o melhor é o do pão, que não tem tinta) no buraco do cócó enquanto no do chichi vai o meu, já respingado. (brilhante, brilhante!)
Mudemos agora de faixa:
Fui ontem ao psiquiatra. Já andava para lá ir há uns anitos, mas finalmente ontem decidi-me. Ao fim da primeira consulta o diagnóstico é triste: neuro-plasmo-febrilose-endémico-plural...o que quer dizer, em suma, uma grande pancada...que levei quando era pequeno, diz ele, ou até mais pancadas, que foram agravando o meu estado.
Ontem sonhei que era uma girafa e via tudo lá de cima. Cá em baixo, vocês, pequeninos, olhavam para os meus tomates, no alto, com inveja. "Que grandes tomates", dizia um de vocês, "se eu tivesse uns assim ficava com alto enchumaço! Até as cotas de 60 anos queriam levar com os meus tomates na nalgas!"
Agora outra cena: há um amigo meu que está numa de meter os cornos à mãe. Como não tem namorada e faz amor com a mãe, e com a mão também, decidiu que lhe vai meter os cornos, acasalando com uma velha que mora na rua. A velha tem quase 70 anos, mas vive com tesão por miúdos mais novos. Parece que só leva lá pra casa os que provarem ter grande caramelo (menos de 20 não serve). A senhora teve 15 filhos, já é avó e o que tem entre as pernas mais parece a cascata de S. João, a da Baixa...porquê, perguntam vocês, é grande? Não tanto por isso, mais porque bota muito líquido. Enfim, cenas...
Se eu fizesse um Morangos com Açucar ou uma Floribela, punha-os todos a foder. A professora de Francês a mamar no aluno; as miúdas de 16 e 17 anos em altas cenas com os velhos; os putos nos bares em altos bacanais; a Floribela a tomar banho toda nua com um vibras, a cantar: não tenho nada, mas tenho, tenho tudo, um grande vibras tooooooodo lá dentro!
Ai, pessoal, como me estou a divertir enquanto escrevo! Parece que estou a fazer asneiras e não vou ser castigado, porque estou "apenas" a escrever...e é tudo a brincar, a não ser o comportamento desviante que alguns já me diagnosticam.........nããã!..não é nada disso, eu estou é muito à frente. Eu sou como os espanhóis, eu digo tudo, sem problemas, pá! Nós somos muito atrasados, sempre com medo de tudo, sempre a escondermo-nos dos vizinhos (embora eles ouçam tudo o que se passa lá em casa, pelo menos quando grito com os putos e quando a minha mulher se vem!) Às vezes até sabem o que é o tacho, porque me ouvem aos gritos: "foda-se, outra vez frango grelhado?!"
É isto pessoal, vocês estão atrasados em relação á minha pessoa, sabem porquê? Porque eu sou uma pessoa para além, para lá, para ali, isso mesmo, mais pra lá, para onde vocês têm dificuldades em ver...e querem saber porquê? Porque eu sou filho de Deus!....agora é que não estavam à espera desta, pois não? Eu sou irmão de Jesus. Pena não ter conhecido o meu irmão, ganda maluco!
Estava a brincar, porque não dizem que "somos todos filhos de Deus" e "todos somos irmãos"? Pronto, não é por isso que estou à frente, é por outras razões que não cabe aqui mencionar. Tenho vergonha de revelar.........alguém leu isto até aqui?...hummm?
Vamos contiunuar, então. Basta um ter lido até aqui para já valer a pena continuar. Eu li até aqui, portanto, siga:
Vocês sabiam que o Zé deixou a Sandra porque ela não mamava e nem lhe enfiava o dedo enquanto faziam amor? E que a Mónica deixou o Tó porque ele não a chupava? Dizia que tinha nojo...e eu sei que ela até lavava bem o pito, mas enfim, o gajo é um triste. Não gosta da fruta, pronto!
Outro dia um amigo contou-me que a mulher de outro amigo andava com o pito muito vermelho e que por isso não queria nada até aquilo melhorar. Acabaram por ir a um médico e descobriram que ela andava a levar no pitróil de um gajo moreno (muuuuito moreno) . Vocês sabem o que o marido enganado fez? hummmmm?...deixou-a.... vejam lá...só porque a senhora apresentava umas manchas vermelhas (marradas de piça ou doença genérica) e andava com um gajo muuuuuuito moreno? Foda-se lá pró esquisito..por isso é que os casamentos não duram nada...

sexta-feira, outubro 20, 2006

COMUNICADO

Vimos por este meio comunicar que embora se possa eventualmente pensar que o Ecos do Amial tem determinados fins, na verdade os objectivos iniciais sempre foram os anteriormente estipulados e como tal muito nos espanta verificar que ainda haja quem possa afirmar o que afirma. É de facto de bradar aos céus que façam afirmações daquele género, até porque este blogue sempre defendeu a ideia que defende, sem receio de que venham depois com ameaças do tipo que todos sabemos, sem tampouco se dignarem a mostrarem-se, embora todos saibamos quem são eles.
É de lamentar que situações como a que ontem aconteceu, aconteçam: enquanto dormia, houve quem telefonasse a determinada pessoa sem sequer dignar a informar-me, o que me deixa bastante chateado. Como é possível que enquanto eu durma se passem tantas coisas sem eu saber? Ouvi inclusivamente dizer que enquanto eu durmo há pessoas que se divertem. Há certas e determinadas coisas que se passam sem o meu conhecimento, quando estou a dormir, inclusivamente coisas por vezes graves.
Esperemos com este comunicado ter esclarecido tudo.

terça-feira, outubro 17, 2006

(A) TRAQUE-SURPRESA

Estava eu muito tranquilo no meu ofício, por voltas das 13 horas, quando de repente sofro um atraque-surpresa do meliante do costume, que irrompeu (deve ter rompido até a calça jeans) em sonoro e fedorento traquejar, sem reparar na clientela que por ali andava, em sérios afazeres...quando reparou, o mal estava feito. Saiu, quase sem ter entrado, só surgindo minutos depois, com a cara-de-pau que todos lhe conhecemos em alturas como esta e noutras, como quando dispara bafos de arroto controlados em direcção do nosso nariz, com visível intenção.
Estou para ripostar, no local de trabalho do peidão, mas os horários não me têm sido favoráveis, embora até seja uma guerra injusta, já que não possuo a arte nem engenho de tão abominável guerreiro-peidão.
Ainda me obrigou a ver uns vídeos. Como não deixa de ser um utente, fui agradável, hipócrita até, com o já famoso Rei do Traque, que assim faz juz à máxima "o cliente tem sempre razão".
Até que saia a nova lei do peido, temos que gramar com estes gajos.
E andam alguns preocupados com o fumo do cigarro...

segunda-feira, outubro 16, 2006

GALINHAS AFUGENTA AUDIÊNCIA COM TRAQUE


Ninguém lhe dá crédito em casa, nem tampouco importância, por isso resolveu ir falar com os peixes e estes mandaram-no dar uma volta ao bilhar grande.
O que lhe salvou o dia foi ter descoberto alguns animais, por acaso patos, que conseguem ser menos inteligentes que os peixes e lá pensaram que o pregador lhes iria dar um pouco de pão seco ou mesmo uma côdea de boroa. Vai daí que, o bichona que tanto se queixa de mim, a meio do desabafo com os patinhos lá largou um grande traque que (como comprova a foto) abriu semelhante clareira que nem o semanadas com os famosos moches ou moshes nos jogos de futebol consegue abrir. É mais uma desse galináceo que tem a mania que é fino mas quando pensa que ninguém vê, abre o livro e mostra bem aquilo que melhor sabe fazer.....

sexta-feira, outubro 13, 2006

NEW MODEL ARMY

É o nome de um grupo de rapazes que toca instrumentos musicais dos quais sai um som daqueles que ajudam a fazer filmes, pelo menos nesta cabecinha pequenina. Conheci-os em Marrocos, pela mão do DJ IVO, e consegui cravar-lhe um CD. Quando lhe telefonei a dizer que tinha perdido a capa, o homem não quis mais o disco: "pra que é que eu quero um CD sem capa?", perguntava ele. Até hoje estou sem entender isto, mas lá fiquei com o CD, que ainda tenho e gosto muito, embora esteja com a capa da Shakira, de quem gosto muito também.
Eu achava muito bom (e original) irmos todos ao concerto dos NEW MODEL ARMY. Falávamos com o IVO, fazíamos inscrições, comprávamos bilhetes e partíamos para os charros e pras pastilhas.
Achem bem? (Bombas, já sei o que vais dizer, mas pára de pensar em bicicletes e vem masé masé fazer uma coisa diferente. Vais ver que até o aroma dos teus pus muda).
Bem, estou aqui a falar mas eu nem sei o dia e a hora, nem tampouco o local, mas ainda hoje saberei, bem como os preços e outros pormenores. Entretanto confiem em mim e no meu gosto musical e "inscrevam-se"...

domingo, outubro 08, 2006

E A RUBRICA "PARABÉNS" REABRE COM...

PARABÉNS BOMBAS!...
O nosso amigo Bombas está com sorte. Um jogo da bola no dia de aniversário. Deixámo-lo jogar por fazer anos, mas já sabe...no próximo nem para apanha-bolas!
Um dia muito feliz para o Bombas. Hoje vou-me fazer de teu amigo. Que sorte , hein? É a minha prenda, é a minha prenda, deixar que sejas meu amigo hoje e fingir que sou teu amigo hoje.
Já hoje falei com a mãe do aniversariante, pedindo-lhe paciência pelo embrulho. Ela chorou, lamentando-se e dizendo: "preferia um indrogado, agora isto...ai, galinhas, o que me havia de calhar em sorte"...
Enfim, enfim..palavras para quê...como diz a música.."não valho nada, mas tenho, tenho tudo", aplica-se ao Bombas...(e à Teresa Guilherme, claro).

quinta-feira, outubro 05, 2006

in memoriam...

Nesta noite, deram me a triste notícia que o Toni Seixas faleceu…
Figura carismática do Amial…ficam as suas histórias pra recordarmos...
Descansa em Paz!

quarta-feira, outubro 04, 2006

DE AUTOR A RÉU...

Pois é, pois é; aquele que muito difamou a minha imagem, o limpinho, que lava o cu sempre que obra, a avezinha poedeira de ovos, hoje, recebeu-me com uma salva de traques. Tal foi o bedum que provocou que teve de se levantar, fugir e com um bloco de folhas A4 teve de andar por lá (biblioteca) a abanar freneticamente os trilhos que deixava no ar... VERGONHOSO.
Os meus (que não passaram de invenções da mente perversa do galináceo) traques nunca deixaram tal aroma a podridão no ar, os dele sim, e de que maneira. Rapidamente se desculpou com a inoportunidade causada por anteriores leitores daquele espaço. Quem tem culpa que ele não se largue durante 4 horas e depois aproveite para, de uma só vez, descarregar a peidaria toda que nos intestinos acumulou???? Eu é que quase que pagava com a própria vida, não fosse estar terrivelmente constipado e quase sem olfacto, teria caído inerte naquele antro de fedor atroz.
“Soltem os prisioneiros”, dizia enquanto se aliviava. “Viva a liberdade”. “25 de Abril sempre”... E mais não digo.