sábado, abril 02, 2005

E AÍ VAI MAIS UMA...MISSÃO...

Eu sei que este local não é um espaço para questões muito sérias, mas esta opinião de um amialense eu não vou deixar de dar em DUAS NOTAS PRÉVIAS:
As mulheres é que devem votar no referendo sobre o aborto. Elas e mais ninguém. E não devia haver tomadas de posição públicas deste ou daquele partido. Se tem a ver com a consciência de cada uma delas, então para quê estarmos a tentar influenciar consciências?
O Papa está a morrer. Foi um grande Papa, só pecando, quanto a mim, pelo conservadorismo bacoco contra as camisas de vénus. Sim, porque a tripa de porco já não funciona, Sua Santidade. As pobres das tripas servem agora para colocar carne, mas não de homem. Refiro-me às tripas à moda do Porto. Mas o saldo da actuação do Papa é positiva, e é isso que mais importa. Viva o Papa!
Esperemos que o próximo não seja português. Perguntam porquê?. Porquê? Fácil. Vocês já viram que íamos andar para trás no tempo? Sim, porque para quem não sabe, a padralhada impediu o desenvolvimento do país, salvo honrosas excepções. Em cada freguesia o padre era o chibo-mor, o inquisidor, um agente de resistência às ideias novas. A onda de euforia iria fazer renascer das cinzas velhos fantasmas.

O MISSIONÁRIO AMIALENSE

Mais importante do que destas questões menores, que não afectarão o nosso pequeno mundinho que é o Amial, queria informar-vos que uma figura distinta do Amial se vai ausentar do país no dia 4. Pois é, esse distinto senhor vai tentar espalhar a fé amialense por outras regiões do globo. A Cultura Amialense, de características singulares, está a definhar e não é com maus olhos que vemos partir um homem da nossa confiança, qual missionário, em atitude de combate, um combate cultural, pela nossa língua, pelos nossos costumes, pelas nossas tradições. Esta missão poderá inclusivamente sensibilizar a ONU para que o Amial seja um dia Património Histórico e Cultural da Humanidade. A finalidade são os subsídios, que nos permitam renovar as nossas habitações, promover os nossos convívios, subsidiar as nossas viagens missionárias e sustentar, porque não, os nossos vícios, que são parte intrínseca da nossa cultura.
Este homem, para o qual peço desde já uma salva de palmas...................................muito bem...este homem, dizia, vai fazer uma penosa viagem de avião de sete horas e suportará aquele calor horroroso de um país tropical, sujeitando-se a sequestros e assaltos, senão à morte, e mostrando aquela gente os nossos ricos costumes. Para isso terá que conviver com os locais, terá que comer com eles, beber e dançar com eles, ir à praia com eles e muito mais coisas com eles.
Mas ele volta, se for esse o seu destino. Volta e para ficar. Pelo menos é esse o seu pensamento, segundo me revelou. Uma vénia para este homem.....

17 comentários:

Boudu disse...

quem é afinal esse amialense?

J|$u§ disse...

Ha grande amialense o nosso missionario!

Mas quem sera ele?
Continua o misterio....

bjs e abraços

Anónimo disse...

Além do calor horroroso, o missionário amialense terá que suportar os bichos, e bichas, que por lá habitam... vamos ver como se porta ele.
Bjs e boa viagem...
Graça

bombas disse...

A mulher sem o esperma de um homem não faz um filho.
Daí que eu, como homem, acho que tenho muito a dizer quanto ao aborto. Sou contra. Ponto final.
É a minha opinião e mais nada. Embora tenha de respeitar a dos outros. Se eu por acaso fizesse um filho à Andréia, não a deixava abortar de maneira nenhuma. Se ela abortasse, cortava-lhe o grelo para nunca mais ter prazer. O prazer carnal tem destas coisas, mas temos todos de pensar antes de o fazer. Pensar com os colhões nunca foi inteligente. É instintivo mas temos poder para nos controlar.
As coisas têm de ser feitas com juizinho...Senão, temos de nos responsabilizar por elas.. e não é com a negação à vida que se resolvem os problemas...
è a minha ópinião bastante refletida.
Educação desde a infância nos meios mais carênciados, programas de divulgação sexual devidamente elaborados para incentivar o uso da camisinha, atc, atc. Olhem o Brasil: tem potencial para ser o país com mais cidreira do mundo dada a sua liberdade sexual. Mas lá, algo foi bem feito como em mais nenhum outro país. O quê? Não sei ,mas é algo a imitar...
Para concluir: olhem o Bernardo...

Já agora quem é esse missionário??
Será que se está a fazer ao piso para suceder ao Papa (já faleço a esta hora) no próximo conclave???
Seja qual for a missão dele, que Deus o proteja de tão àrdua que se lhe afigura..

Quanto às tripas, vê-se bem que não as comes. Nós comemos os intestinos da vaca. Os enchidos a que tu te julgavas referir são feitos com carnes várias, mas o material que as reveste é uma película feita pelo homem e não a tão famosa tripa de porco.

Quanto ao próximo papa, deveria, quanto a mim, ser Africano ou Sul Amaricano ou até da Asia. Chega de Europeus e principalmente os paneleiros dos ostenradores Italianos. E que seja relativamente novo e não um velho decrépito para durar mais 33 dias..

Boa viagem ó missionário e volta sempre.

PS-fui ao Bessa amais a minha patroa (adorou) ver o sá Pinto a falhar 4 golos feitos e mesmo assim a ganharmos 4-0.
Coidado Benfiquistas, coidado....

Anónimo disse...

Não sabia que a fé se podia espalhar à custa da piça...

Dr.Lux0 disse...

Comentário pessoal

Eu sou a favor do aborto em 4 casos específicos:
-Violação
-Falta de condições financeiras
-Deformação congénita do feto
-Mãe menor

Emainada!

Quanto ao missionário Amialense, que vá e passe a palavra amialeira, com o seu instrumento pequeno mas trabalhadeiro, às
infieis Nativas.

Que o Papa descanse em paz, e que venha um que não queira ir "ao tacho", mas que faça alguma coisa pelo Amial em geral e pela humanidade em particular.

Quanto ao(à) anónimo(a), a fé não se espalha à custa da pixa, mas a pixa espalha nhanha por onde passa... O Galinhas que o diga. Se coleccionasse todos os reservatórios que usou daria para todos os miúdos brasileiros das favelas colarem cromos nas "cardenetas"...

Anónimo disse...

É óbvio que toda a gente tem uma opinião a dar relativamente ao aborto. Eu deixo aqui somente algumas reflexões:

- o que me dizem das mulheres q optam pelo aborto clandestino e, por falta de condições (higiénicas, profissionais, etc) morrem ao fazê-lo? Se não fosse proibido poderiam fazê-lo com segurança, por profissionais, em hospitais... Hoje estariam vivas.

- o que me dizem das crianças não desejadas cujos pais, decididamente, não nasceram para ser pais e são negligenciadas durante toda a vida, sem sentirem qualquer tipo de afecto e, das duas uma, ou são abandonadas e vão para orfanatos ou permanecem praticamente na rua sem qualquer tipo de meio financeiro, educativo, etc?...
- O que me dizem das mulheres que são violadas e engravidam? Que tenham para sempre a prova do seu maior pesadelo nos seus braços?
- É muito bonito pedir-se mais informação e formação de formas anticoncepcionais, mas já ouviram falar em "acidentes"? Sim, é que não há nenhum meio 100% eficaz... A culpa é concerteza de quem procria o bebé, mas quem poderá pagar para toda a vida o erro é precisamente esta criança que não pediu para vir ao mundo e nunca foi desejada sequer...

- Há excepções, claro, de casos de pessoas q desajariam terminar uma gravidez e que depois de terem o bebé nos braços apercebem-se que foi a maior dádiva que lhes podiam ter concedido, mas... e se fossemos dar uma "espreitadela" à legislação de outros países mais desenvolvidos que Portugal, em que o aborto não é penalizado? O q vamos encontrar? Famílias felizes, pessoas desejadas, com boas situações económicas, Orfanatos sem terem "lotação esgotada", em que praticamente não se conhecem histórias de mulheres que morreram ao fazer um aborto? Muito provavelmente!

canjas disse...

Eu sou contra o aborto, mas a minha opinião vale o que vale. Esta é mais uma questão politica e foge do conteúdo deste blog.

Dr.Lux0 disse...

Foge do tema do Blog, sim senhor, mas não é política, apesar de ser usada como.
Só comentamos o texto do missionário luso-mouro-brasileiro...

Já "chegástes" cabrão?
Não vens ao "blogger"?
Tás a mudar o óleo?
Tás a dá-las?
Um conselho:
Vai lavar bem o forro do saco e as salsichas, não vás conspurcar o teclado todo com beita...

MUAHAHAHAHAHAhahahahahahahah....

Pedro Galinhas disse...

VEGETAIS HÁ MUITOS...SEU PALERMA..

Olá Amial..daqui Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco, Brasil. Já cheguei já, e no avião, antes de descer alguém anunciava 30 graus de temperatura no Recife. O pessoal até ficou mais animado..ehehe...é debaixo desses 30 grauzinhos que vos escrevo...como é bão! Pois é canjinhas, não entendo que um rapaz tão informado em bariedades, tão frequentador de universidade diz que o aborto é uma questão política.É um problema social, que tem que ser resolvido.Eu gostei muito da perspectiva do/da anónimo/a, mas concordo inteiramente com o nosso Dr. Luxo. É isso mesmo, grande Luxo! Tou contigo! Mainada!
Menino bombas, a tua opinião é, quanto a mim, muito redutora, tal como a do canjas: sou contra e mais nada não ajuda nada. Tu és masé masé!! Só vês a situação do gaijo e da gaija que não tiveram juízo? E o resto?
Como diziam outro dia na tv até às 10/12 semanas não há "vida cerebral", por isso, se se justificar,e só assim, toca a tirar o vegetal cá pra fora. É uma alga, uma couve de bruxelas, um agrião ou um trevo de 4 folhas. Pra mim é a mesma coisa. Senão então somos todos como o São Francisco e não pisamos sequer uma formiga.Não vamos ser cínicos. Tu não farias,mas tu tens uma casa, tens um lar e, bem ou mal, pouco ou muito, ganhas o teu.
Eu por acaso nunca fiz um aborto(!), mas conheço pessoas que já fizeram e tinham mesmo que o fazer. O submundo que eu tive o prazer de conhecer aqui no Brasil mostrou-me outras realidades. Algumas bem tristes...adiante...

canjas disse...

Claro que é uma questão sócio-política! Só há referendo se os partidos políticos assim o entenderem, foi assim em 1998, por isso a tua, a minha, opinião até novo referendo, valem o que valem! Mas volto a dizer que não é uma questão para aqui chamada, sim, porque isto é o blog do Amial, onde se fala de amialensses e assuntos amialeiros!

Galinhas:"Esperemos que o próximo não seja português. Perguntam porquê?. Porquê? Fácil. Vocês já viram que íamos andar para trás no tempo? Sim, porque para quem não sabe, a padralhada impediu o desenvolvimento do país, salvo honrosas excepções. Em cada freguesia o padre era o chibo-mor, o inquisidor, um agente de resistência às ideias novas. A onda de euforia iria fazer renascer das cinzas velhos fantasmas"

Pergunto-te em que século acontecia isto? Já foste a alguma missa recentemenmte? Já falaste com algum Padre recentemente? Se a tua resposta for: Nunca fui á missa, ou então, nunca falei com 1 Padre, aconcelho-te a falar e vais mudar de opinião, de certeza absoluta!

Que mania do portuga dizer que o que é nacional é mau!

Pedro Galinhas disse...

AHAHAHAHAHA. Agora falastes bem, Canja. Gostei de ouvir (?). Agora te digo que o que referi dos padres no tempo da outra senhora. Eu não estava lá e não vi nada, mas contou-me quem estava. Eu também sei que os padres se dedicam hoje mais às questões do espirito e até alguns vão mais longe como o grande padre Mário de Oliveira, o que escreveu, por exemplo "Fátima nunca mais". Nesse livro o referido padre desmistifica muitas coisas que a Santa Madre Igreja ainda hoje, infelizmente, sustenta, como os milagres de Fátima. Sei também que há muitos padres que tem um discurso positivo e ajudam muito os crentes. Se os padres casassem tudo estaria quase perfeito. Pedro, o primeiro Papa, o tal a quem Cristo (outro produto da máfia cristã)disse para ele ir e edificar a sua Igreja, era casado! Eu, se me apontassem a fogueira ou a religião, aqui me confesso, eu escolheria a religião, mas perguntava ao carrasco se podia ser a protestante.
Eu tenho uma teoria sobre o cristianismo e sobre a religião e ficaria muito feliz em discuti-la com alguém, mas, como diz o Canjas e muito bem, isto é um vlogger de assuntos amialeiros e a religião nunca foi muito o forte do pessoal dessa region.

Anónimo disse...

Acho piada que digam que o assunto aborto não é para ser discutido neste blog, porque aqui só se fala se assuntos amialeiros, e logo a seguir falam no Papa! LOL! às tantas o Karol era do Amial e ninguém sabe!!

bombas disse...

1º - O aborto já está contemplado nas nossas leis em alguns casos referidos pelo Dr Lux0. Estou de acordo. E morrem tantas mulheres em abortos clandestinos como em boas clínicas no estrangeiro...informem-se bem...
é mais uma desculpa para quem quer legalizar o aborto.

2º - Se o Papa fosse Português, Portugal só ia ganhar com isso. Já não estamos na idade média.
Hipocrisia à parte: Económicamente ia ser melhor do que ter cá a final do campeonato do mundo de futebol. Peregrinos a ir ver onde o sr papa nasceu, por ex. Atc, atc... E quando moresse, então é que era bom... só em velas, o que não se iria vender..hehehe e postais, e cristos, e tudo mais.

3º - Afinal o nosso missionário é agnóstico ou ateu??

bombas disse...

PS.- Uma amiga minha finalmente conseguiu engravidar após muitas tentativas. Fez uma ecografia no hospital de gaia e disseram-lhe que o feto se estava a desenvolver fora do sítio normal. Tinha de interromper a gravidez.
Abriram-na e mexeram-lhe nas duas trompas e viram que afinal o feto estava no sítio certo. Já era tarde demais. Neste momento nunca mais pode ter filhos de uma forma natural. "acidentes" acontecem e este foi à 20 dias e num hospital público com anestesistas, médicos e atc, atc...
Temos é de saber viver com os acidentes.
Nos países evoluidos onde o aborto é legal, as familias são muito felizes. São são...Até vêm "comprar" criancinhas aos paises menos desenvolvidos..
Felizes são os Marroquinos... cheios de filhos e com muita alegria e com afecto e contacto. têm pouco que comer??? não têm bens materiais??? para quê???
mas não morrem de fome...Só morrem nos países sul Africanos que é onde os americanos querem que morram.
Na china e nos paises de leste os orfanatos estão a abarrotar. e o aborto é legal e até aconselhado..
No Brasil laqueiam as trompas das miúdas...Com que direito??

beijos

Susana Vasconcelos disse...

Desculpem lá só responder agora mas não tenho tido muito tempo.
É que tenho uma mensagem para o meu primo Galinhas.
"12 semanas - O cérebro não tem o mesmo tamanho que no nascimento. Porém, tem a mesma estrutura. Formam-se as cordas vocais e seu bebê já pode emitir sons. O fígado começa a segregar bílis e os intestinos já migraram do cordão umbilical para o abdômen do bebê. A tiróide e a bexiga estão completamente construídas, bem como o pâncreas, que começa a produzir insulina.
Seu bebê já tem seus reflexos e também movimentos de prática na área digestiva. Tudo isto em preparação para vida extra-uterina. Se o seu médico usar um Doppler, você poderá ouvir o coração do seu bebê bater. Ele soará muito rapidamente e será confuso como o som do trote de um cavalo".
É um bebé que já tem pernas, braços e dedos e que os mexe. Como pode ser comparado a um agrião ou couve de bruxelas?
Ao meu mano Fausto:
As condições financeiras não são desculpa a não ser que as pessoas sejam egoístas e não abdiquem de certas coisas para sustentar uma criança. O facto de ser menor, menos desculpa é. Com 12 anos aprendi como funciona o sistema reprodutor. Acidentes há, mas que os assumam.
Mainada. :-)
beijocas
Susana+Mateus

bombas disse...

Gandas Susana+Mateus...Bem mandadas..
Estes gajos não sabem o que é o MILAGRE da vida..
beijinhos do bombitas pa bocêses...